Dinamarquesa sobre selfies sensuais: 'Só as inteligentes usam bem a aparência'

Por Vitor Sorano - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Homenageada pela Playboy, líder de movimento conservador nega que esteja se aproveitando da beleza para se promover

Só as mulheres inteligentes conseguem tirar vantagem da beleza, avalia Nikita Klaestrup, liderança da Juventude Conservadora da Dinamarca que ficou famosa pelos selfies e outras fotos sensuais postados na internet.

"As mulheres devem usar qualquer ferramenta que tiverem à disposição", diz a jovem ao iG, em entrevista por e-mail . "Só uma mulher inteligente consegue tirar vantagem de sua aparência. [E] você não pode depender apenas da aparência. É necessário muito cérebro para usá-la bem."

Instagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/InstagramInstagram de Nikita Klaestrup, membro da Juventude Conservadora da Dinamarca. Foto: Reprodução/Instagram

Não que, ao postar fotos de seus decotes e pernas, a jovem estudante de retórica esteja se aproveitando de seu corpo de 20 anos para se promover.

"Tenho sido acusada de usar minha aparência para avançar e que não escrevo nada sobre política. Nada disso é verdade", rebate. "Apesar de eu conseguir muita atenção graças à minha aparência, não é algo que eu esteja usando. E eu tenho um blog num jornal dinamarquês em que escrevo sobre políltica."

Nikita diz, inclusive, que atualmente não se vê posando para a Playboy, que na semana passada lhe rendeu uma homenagem na versão em inglês do site da publicação. Atualmente.

"Claro que depende do estilo das fotos. Eu não fico muito confortável em mostrar tanta pele como é o costume deles. E eu não posso dizer que o cachê não me influenciaria", revela.

A jovem diz que pretende trabalhar com campanhas políticas, mas não está no horizonte por enquanto candidatar-se a um cargo público.

"Eu não sonho com uma carreira política per se", diz. "Mas muito pode mudar e se eu mudar de ideia, meu objetivo seria me tornar uma parlamentar e talvez primeira-ministra."

Para Nikita, a igualdade entre os sexos é importante, mas o feminismo está em baixa em seu país.
"Há países em que as mulheres não podem votar e correm o risco diariamente de serem estupradas. E, na Dinamarca, as feministas têm discutido quão injusto é que as mulheres demorem mais para fazer xixi [do que os homens]... "

Leia tudo sobre: nikita klaestrupplayboyselfie

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas