Papa Francisco pede que Venezuela "retome caminho do bem"

Por Ansa |

compartilhe

Tamanho do texto

Francisco pediu ainda que seja "retomado o caminho para o bem no país, reabrindo espaços de encontros e diálogos"

O papa Francisco lembrou a "aguda tensão" na Venezuela em missa realizada no Vaticano neste domingo (1º).

Ele citou a morte de Kluiberth Roa, um jovem de 14 anos, em meio a protestos realizados em San Cristóbal, e pediu "o rechaço da violência".

Além disso, Francisco pediu que seja "retomado o caminho para o bem no país, reabrindo espaços de encontros e diálogos sinceros e construtivos".

"Eu convoco a todos para abandonar a violência e ter respeito pela dignidade de todas as pessoas e pela sacralidade da vida humana", declarou.

Venezuelanos contrários ao presidente Nicolás Maduro voltaram às ruas nos últimos dias, protestando contra a crise economia e política no país.

O Brasil e os outros países da América Latina estão acompanhando a situação da Venezuela. "O governo brasileiro considera imperiosa a pronta retomada do diálogo político", disse o Itamaraty em um comunicado na última semana.

Leia tudo sobre: VenezuelaPapa Francisco

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas