Milhares saem às ruas de Moscou para lembrar opositor do governo morto a tiros

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Boris Nemtsov era líder opositor ao governo de Vladimir Putin e foi morto na última sexta-feira na capital da Rússia

Milhares de pessoas saíram às ruas de Moscou neste domingo (1°) para recordar o opositor Boris Nemtsov, assassinado na última sexta-feira (27).

Manifestantes traziam cartazes com dizeres como: "As balas atingiram todos nós" e "Os heróis não morrem".

Manifestantes russos marcham próximo ao lugar em Boris Nemtsov, líder opositor do governo de Vladimir Putin, foi morto na sexta-feira (27). Foto: AP Photo/Denis TyrinManifestantes russos marcham próximo ao lugar em Boris Nemtsov, líder opositor do governo de Vladimir Putin, foi morto na sexta-feira (27). Foto: AP Photo/Denis TyrinManifestantes russos prestam homenagem a Boris Nemtsov, líder opositor do governo de Vladimir Putin, foi morto na sexta-feira (27). Foto: AP Photo/Denis TyrinManifestantes deixam flores e acendem velas em frente à embaixada russa na Lituânia em respeito a Boris Nemtsov, líder de oposição da Rússia morto a tiros. Foto: AP Photo/Mindaugas KulbisManifestantes russos marcham próximo ao lugar em Boris Nemtsov, líder opositor do governo de Vladimir Putin, foi morto na sexta-feira (27). Foto: AP Photo/Denis Tyrin

Dezenas de pessoas deixam flores na ponte Bolshoi Kammeny, no centro da capital russa, onde Nemtsov foi morto em uma emboscada. Outras cidades, como São Petersburgo, também registram mobilizações.

Imagens do assassinato

A emissora russa "TSE" transmitiu hoje o que parece ser um vídeo do momento do assassinato. A gravação mostra uma pessoa, talvez o assassino, saindo correndo em direção a um carro e desaparecendo junto a um suposto cúmplice.

Investigadores russos estão oferecendo três milhões de rublos, cerca de R$140 mil, para quem apresentar informações úteis que levem ao esclarecimento do crime, informou a imprensa local.

+ Opositor do governo russo é assassinado em Moscou
+ Putin diz que fará tudo para esclarecer morte de opositor

As autoridades de segurança prometem garantir o anonimato do informante.

Quem era Boris Nemtsov

O ex-vice-premier durante o governo de Boris Iéltsin, um dos maiores críticos ao governo de Vladimir Putin, foi vítima de quatro disparos de armas de fogo na última sexta-feira (27), em Moscou. Ele foi assassinado por matadores de aluguel nas proximidades do Kremlin.

Leia tudo sobre: Rússiavladimir putinboris nemtsov

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas