Avalanches deixam 200 mortos no Afeganistão

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Fortes nevascas atingem região norte do país desde domingo; na província de Panjshir morreram pelo menos 168 pessoas

Agência Brasil

O número de mortes nas avalanches no Norte do Afeganistão ultrapassou 200, informaram nesta terça-feira (26) as autoridades afegãs, acrescentando que a maior parte ocorreu na província de Panjshir, ao norte de Cabul.

Casas ficaram debaixo de neve, após avalanches que atingem norte do Afeganistão
AP Photo/Massoud Hossaini
Casas ficaram debaixo de neve, após avalanches que atingem norte do Afeganistão

Na província de Panjshir, uma pequena província de agricultores e pastores, pelo menos 168 pessoas morreram, segundo o governador Abdul Rahman Kabiri. As autoridades disseram que número de mortes pode aumentar, pois a região, montanhosa, é de difícil acesso.

As outras mortes ocorreram em Nuristan e Badakhshan, províncias no Nordeste, Nangarhar e Laghman, no Leste, e na província central de Bamiyan, fortemente atingidas por nevascas.

Leia: 
Invasões e conflitos marcam história do Afeganistão
Avalanche mata 6 esquiadores nos Alpes Franceses

No domingo (22), uma avalanche de neve que destruiu diversas casas na província de Badajshan matou 12 pessoas que estavam dormindo.

O Afeganistão é atingido frequentemente por desastres naturais que provocam grande número de mortos, como foi o caso dos deslizamentos de terra que causaram a morte de 2 mil pessoas em maio de 2014 na Região Nordeste do país.

Leia tudo sobre: Afeganistãoavalanche

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas