Chanceler do Togo anuncia reabertura da embaixada no Brasil

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ministro dos Negócios Estrangeiros do país se reuniu no início desta tarde no Palácio Itamaraty com o chanceler brasileiro

Agência Brasil

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Togo, Robert Dussey, anunciou nesta sexta-feira (20) que o país reabrirá sua embaixada no Brasil, fechada desde 1999.

2011: Naufrágios no lago Togo deixam 36 mortos

Dussey se reuniu no início da tarde no Palácio Itamaraty com o chanceler brasileiro Mauro Vieira, com quem conversou também sobre programa de cooperação agrícola na área do algodão.

"Temos uma relação bilateral intensa, com órgãos como a Embrapa. Buscamos fortalecer essa relação e teremos um embaixador aqui", disse Dussey.

Em 2014, as trocas comerciais entre Brasil e Togo, que em 2011 chegaram a cerca de US$ 167 milhões, recuaram nos últimos anos, atingindo US$ 44 milhões no ano passado, mesmo patamar de 2007.

Política: Principal opositor contesta vitória de Gnassingbé nas eleições do Togo

Segundo o chanceler brasileiro, os dois países têm desenvolvido programas de cooperação nas áreas científica, tecnológica, educacional e de agricultura, com grande potencial de expansão: “O Brasil tem com Togo uma relação importante, temos uma embaixada residente, o ministro tem discutido comigo a possibilidade de reabertura da embaixada deles aqui e temos uma crescente possibilidade de relações mais profundas, sobretudo com a abertura da linha aérea direta entre nossos países”.

O diplomata togolês é o primeiro chanceler africano recebido na gestão de Vieira como ministro das Relações Exteriores. Dussey chegou ontem ao Brasil para uma visita oficial de dois dias, com agenda em São Paulo e Brasília. Após a reunião, foi oferecido um almoço em homenagem ao visitante no Palácio Itamaraty.

Leia tudo sobre: togoembaixada do brasildusseybrasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas