"Me prometeram o paraíso", diz homem-bomba de 17 anos sobre o Estado Islâmico

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Jovem foi recrutado no Iraque, mas ataque foi frustrado pela polícia iraquiana; ele diz que jovens de 14 anos são treinados

BBC

Um homem-bomba de 17 anos preso pela polícia iraquiana revelou que o grupo autedenominado 'Estado Islâmico' recruta adolescentes para serem suicidas.

Assista clicando no link abaixo:

'Eles me prometeram o paraíso', diz homem-bomba de 17 anos


O adolescente diz que estava preparado para matar homens, mulheres e crianças, e que a maioria dos recrutados pelo grupo tem entre 14 e 17 anos
Reprodução/BBC
O adolescente diz que estava preparado para matar homens, mulheres e crianças, e que a maioria dos recrutados pelo grupo tem entre 14 e 17 anos

Ontem: ONU condena a morte de 21 cristãos egípcios pelo Estado Islâmico na Líbia

"Eles me prometeram que eu iria direto para o paraíso", diz ele em entrevista à BBC.

A polícia iraquiana frustrou o ataque e tem conseguido conter o avanço do 'Estado Islâmico' na região em torno da capital, Bagdá.

Apesar disso, o grupo conquistou a cidade de Al-Baghdadi, a apenas 8km de uma base americana.

O adolescente diz que estava preparado para matar homens, mulheres e crianças, e que a maioria dos recrutados pelo grupo tem entre 14 e 17 anos. Ele chora e se diz envergonhado do que iria fazer.

Leia tudo sobre: eiileiil no iraquehomem bomba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas