Adolescentes são detidos por suspeita de terrorismo na Inglaterra

Por Agência Brasil * | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ação foi feita na cidade de Mossley, na região metropolitana de Manchester; detenções semelhantes têm crescido no país

Agência Brasil

Dois jovens de 16 anos foram detidos na segunda-feira (16) na cidade de Mossley, no norte da Inglaterra, acusados de envolvimento em delitos relacionados a atos de terrorismo, anunciou a polícia da área metropolitana de Manchester, nesta terça (17).

Veja os ataques mais recentes na Europa, na Dinamarca, e suas repercussões:

Protesto contra terrorismo levou milhares às ruas de Copenhague, na Dinamarca, na noite desta segunda-feira (16). Foto: APProtesto contra terrorismo levou milhares às ruas de Copenhague, na Dinamarca, na noite desta segunda-feira (16). Foto: APProtesto contra terrorismo levou milhares às ruas de Copenhague, na Dinamarca, na noite desta segunda-feira (16). Foto: APA primeira-ministra da Dinamarca, Helle Thorning-Schmidt, durante ato na capital. Foto: APProtesto contra terrorismo levou milhares às ruas de Copenhague, na Dinamarca, na noite desta segunda-feira (16). Foto: APPoliciais investigam cena do crime que ocorreu em Copenhagen, Dinamarca. Polícia atingiu e matou suspeito de ter disparado ontem contra um evento sobre liberdade de expressão. Foto: APMovimentação de viaturas na rua que abriga a maior sinagoga de Copenhague, onde três foram baleados neste domingo (15). Foto: Steen A. Jørgenssen/ReproduçãoImagem mostra suspeito de ataque a café durante um ato por liberdade de experessão, neste sábado (14), em Copenhague. Foto: APPolicial armado corre perto da rua onde houve um ataque terrorista em um evento chamado "Arte, blasfêmia e e liberdade de expressão", em Copenhagen, na Dinamarca. Foto: APServiços de emergência se reúnem fora do local onde os tiros foram disparados. Foto: APMídia dinamarquesa informa que os disparos foram contra um café em Copenhagen, onde estava acontecendo o evento "Arte, blasfêmia e liberdade de expressão", organizado pelo artista sueco Lars Vilks, que tem enfrentado ameaças por fazer caricaturas do profeta Maomé, em 2007. Foto: APForças de segurança patrulham o local em que os disparos foram feitos, em Copenhagen. Foto: APEm foto de arquivo, de 3 de janeiro de 2013, o artista sueco Lars Vilks posa para uma fotografia em Nyhamnsläge, Suécia. Tiros foram disparados neste sábado, 14, em um café em Copenhague que estava sediando um evento sobre liberdade de expressão, organizado pelo artista. Ele tem recebido inúmeras ameaças por fazer caricaturas do profeta Maomé. Foto: AP

Os jovens foram detidos pela Unidade Antiterrorista do Noroeste do país (NWCTU, na sigla em inglês) por suspeita de crimes de preparação e instigação de atividades terroristas.

A superintendente-chefe da polícia metropolitana de Manchester, Caroline Bell, disse que as detenções causaram certa ansiedade entre os moradores da região, que foram tranquilizados pela polícia.

Leia também:
Após ataque a café, atirador deixa três feridos ao lado de sinagoga na Dinamarca
Autor de ataque na Dinamarca seria Omar El Hussein, segundo imprensa local
Polícia mata suspeito após dois ataques na Dinamarca

"Queremos deixar claro que esta investigação não está relacionada a nenhum ataque terrorista internacional. Não foram encontradas quaisquer provas que demonstrem que a comunidade de Mossley está em perigo", sublinhou Caroline.

Nos últimos dias, o Reino Unido registrou diversas detenções relacionadas a atividades terroristas, em um momento em que o país mantém o nível de alerta elevado – o quarto mais alto em uma escala de cinco e que indica alta probabilidade de atentados.

Leia tudo sobre: terrorismoinglaterrareino unidoanti-terror

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas