Papa vai canonizar mais quatro religiosas, duas delas são palestinas

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Canonização acontece em maio; além das palestinas, estão na lista uma francesa e uma italiana; todas do século XIX

Agência Brasil

O papa Francisco anunciou neste sábado (14), no fim da cerimônia de investidura de cardeais, que vai canonizar no dia 17 de maio mais quatro religiosas do século XIX, entre elas duas irmãs palestinas.

Leia também:

+ Papa defende maior participação das mulheres na Igreja Católica
+ Francisco nomeia 20 cardeais em cerimônia com presença de Bento XVI

As duas novas santas palestinas são Mariam Bawardi, nascida em 1846,na aldeia de Ibillin, na Galileia, fundadora do convento de clausura de Belém, e Marie-Alphonsine Ghattas, nascida em 1856 em Jerusalém, que participou da fundação da Congregação das Irmãs do Rosário e trabalhou na ajuda a idosos e crianças.

Também será canonizada a francesa Jeanne Emilie de Villeneuve (1811-1854), de Toulouse, que se distinguiu pela fundação da Congregação de Notre-Dame de Immaculée, no Sul de França, instituição que tem cerca de 700 religiosas em 16 países, com 50 colégios e cerca de 35 mil jovens matriculados por ano.

A quarta religiosa é a italiana Maria Cristina dell'Immacolata, nascida em 1856, fundadora de uma congregação da qual nasceram vários conventos femininos, assim como albergues para jovens e orfãos.

Leia tudo sobre: papa Franciscovaticanocanonização

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas