Ministro francês dos Negócios Estrangeiros condenou o ataque e disse que a França está ao lado das autoridades dinamarquesas na luta contra o terrorismo

Agência Brasil

Um homem ainda não identificado morreu hoje (14) durante tiroteio em Copenhague (Dinamarca) , na parte externa de um edifício onde ocorria um debate sobre islamismo e liberdade de expressão. A informação foi dada pela polícia dinamarquesa, em comunicado citado pela agência AFP.

Três policiais foram feridos quando tentavam proteger o local da reunião, da qual participavam o autor das caricaturas de Maomé e o embaixador francês na Dinamarca, François Zimeray. Ele informou, no Twitter, que saiu ileso.

Paris já classificou o atentado como “ataque terrorista”. Em comunicado, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, condenou "com a maior firmeza" o "ataque terrorista" que visou a uma reunião pública em Copenhague, da qual participava o embaixador da França na Dinamarca. "A França está ao lado das autoridades e do povo dinamarquês na luta contra o terrorismo", acrescentou o ministro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.