Eles dispararam tiros de armas pesadas e jogaram panfletos chamando os residentes para boicotar as próximas eleições

Agência Brasil

Boko Haram Nigéria
Reprodução/Youtube
Boko Haram Nigéria

Centenas de islamitas do grupo terrorista Boko Haram invadiram neste sábado (14) a cidade nigeriana de Gombe. Eles dispararam tiros de armas pesadas e jogaram panfletos chamando os residentes para boicotar as próximas eleições gerais.

“Os guerrilheiros do Boko Haram estão agora em Jeka-da-Fari, no centro da cidade, disparando indiscriminadamente e atirando panfletos chamando as pessoas a não participar nas eleições”, disse Ali Dahiru, morador da cidade.

Leia também:

+ Imagens de satélite mostram devastação na Nigéria após ataque do Boko Haram
+ Cerca de 900 mil nigerianos já abandonaram suas casas para escapar do Boko Haram
+ O que aconteceu com as jovens sequestradas pelo Boko Haram?

Outras testemunhas relataram que os extremistas atacaram a cidade por volta das 8h (horário local). No começo, avançaram sem qualquer resistência das forças de segurança. Em seguida, o Exército reagiu ao ataque dos extremistas.

O Boko Haram já promoveu ataques em Gombe. O último ocorreu há duas semanas, quando o grupo explodiu um veículo no estacionamento de um estádio em que o presidente do país, Goodluck Jonathan, fazia um discurso eleitoral.

O grupo extremista também tentou, em janeiro e fevereiro, tomar a capital do estado de Borno, Maiduguri, mas o Exército conseguiu evitar a ofensiva.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.