Pilotos não perceberam e só foram comunicados pelo acidente pela torre de comando; nenhum dos 134 passageiros se feriram

Nesta sexta-feira (13), um jato da Korean Airlines colidiu com outra aeronave no solo no Aeroporto Internacional de Yangon, em Mianmar.

Galeria de fotos: Saiba quais são os desastres aéreos mais misteriosos do mundo

Veja fotos de acidentes aéreos misteriosos pelo mundo

Mas em vez de parar para avaliar os danos, o avião - com 134 passageiros e 11 tripulantes a bordo - continuou com o seu procedimento de decolagem, segundo a AP. O jato, um Airbus A330 widebody, cortou a cauda de um avião vizinho com a ponta de sua asa.

De acordo com a AP, os pilotos do Airbus sul-coreano não perceberam a colisão, e nenhum dos avisos de colisão da aeronave alertou para a tripulação. Foi o pessoal de terra do aeroporto que testemunhou o incidente e comunicou imediatamente a torre sobre o dano.

O jato voltou para a capital de Mianmar pouco depois de decolar para Seul. Não houve feridos e os passageiros vítimas de atrasos embarcaram em outro voo para a capital sul-coreana no final do dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.