Os dirigentes europeus e os presidentes da Ucrânia e da Rússia chegaram a 'acordo sobre o essencial', segundo Vladimir Putin

Agência Brasil

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta quinta-feira (12) que foi acertado um cessar-fogo no Leste da Ucrânia, a partir da 0h de domingo, 15 (21h de sábado em Lisboa).

Domingo:  Ucrânia tem oito civis e 70 rebeldes mortos em combate com tropas russas

Líderes mundiais: Reunião em Minsk pode definir futuro da Ucrânia

"Chegamos a um acordo sobre o que é importante", disse Putin, referindo-se às negociações na Cúpula de Minsk (Bielorússia), da qual participaram também os líderes da Ucrânia (Petro Porochenko), Alemanha (Angela Merkel), e França (François Hollande).

Os dirigentes europeus e os presidentes da Ucrânia e da Rússia chegaram a um "acordo sobre o essencial", especialmente um cessar-fogo e a retirada das armas pesadas da linha de frente dos combates, afirmou Putin, após 16 horas de negociações com os presidentes ucraniano e francês, e a chanceler alemã.

Em Bruxelas, o Fundo Monetário Internacional (FMI) propôs hoje novo empréstimo à Ucrânia de US$ 17,5 bilhões, informou a diretora-geral da instituição, Christine Lagarde.

"Tenho o prazer de anunciar que a equipe do FMI que trabalha em Kiev concluiu um acordo preliminar com o governo ucraniano para um novo programa de reformas econômicas, apoiado por um financiamento de US$ 17,5 bilhões", disse Lagarde, em entrevista em Bruxelas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.