Criança de três anos dispara contra os pais em Albuquerque, EUA

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Acidente não foi fatal, mas o casal, que está se recuperando, pode ser acusado de negligência pelas autoridades americanas

BBC

Um menino de três anos de idade baleou seu pai e sua mãe ao disparar um tiro que atingiu ambos nos Estados Unidos.

Agosto: EUA discutem uso de armas de fogo por crianças após morte acidental

Casal se recupera de ferimentos causados por disparo acidental de pistola
Reprodução/Facebook
Casal se recupera de ferimentos causados por disparo acidental de pistola

Assista: Menina de 9 anos mata instrutor de tiro acidentalmente nos EUA

O acidente aconteceu no último sábado em um quarto de motel em Albuquerque, no Estado do Novo México. O casal está se recuperando dos ferimentos. A criança teria encontrado a arma quando vasculhava uma bolsa em busca de um iPod.

O projétil trespassou a nádega do pai da criança, Justin Reynolds, e depois atingiu sua namorada, Monique Villescas, no braço. A outra filha do casal, de dois anos de idade, não ficou ferida.

Trauma

Reynolds disse à estação de rádio KBO, da NBC News, que a família ia pedir uma pizza no quarto do motel America's Best Value Inn.

"De um minuto para outro percebi que minha namorada estava sangrando. Depois me sentei e percebi que eu tinha sido baleado também", disse ele.

Ele chamou o serviço de emergência e tentou estancar o sangramento de Villescas com toalhas.

"Eu estava mais preocupado com a minha namorada do que com qualquer outra coisa que estava acontecendo. E também com o meu filho porque não sabia se ele tinha atirado em si mesmo ou não. Ele estava em choque e chorando. Foi traumatizante", disse Reynolds.

O homem já recebeu alta médica e a mulher permanece em recuperação, em estado estável.

A polícia de Albuquerque disse que a Promotoria vai decidir se o casal responderá por crime de negligência. A criança está sob o cuidado das autoridades.

Em dezembro, uma mulher do Estado de Idaho, nos Estados Unidos, morreu ao ser baleada acidentalmente pelo filho. A criança retirou a arma da bolsa dela em uma loja do Walmart.

Leia tudo sobre: euaalbuquerquenovo mexico

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas