Explosão de gás em hospital deixa dois mortos e dezenas de feridos no México

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Fausto Lugo, diretor da defesa civil da cidade, disse que ao menos 32 feridos foram transportadas para outros hospitais

Pelo menos duas pessoas, incluindo bebês, morreram e dezenas ficaram feridas após uma explosão de uma tubulação de gás em uma maternidade em Cuajimalpa, na Cidade do México.

O balanço parcial dos mortos foi divulgado por Adrian Rubalcava, delegado-chefe da região. Segundo ele, o número ainda pode aumentar.  Entre os feridos estão 22 crianças e 32 adultos, a maioria ferida por estilhaços de vidro. Nenhum deles está em estado grave, segundo a imprensa local.

Os feridos já foram transferidos para outros hospitais na capital mexicana.

Dia 18: "Droga acabou com a pessoa que mais amei", diz irmão de morto no México

2014: Pais de estudantes mexicanos desaparecidos gravam vídeo pedindo justiça

Em foto publicada por prefeito mexicano, líder chama incidente de "tragédia". Foto: Reprodução/TwitterExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: APExplosão de gás em hospital infantil deixa mortos e feridos no México
. Foto: AP

A explosão ocorreu por volta das 07h30 hora local (11h30 de Brasília) quando ocorria um abastecimento de gás ao hospital, localizado na periferia da Cidade do México, disse Juan Carlos Perez Salazar, correspondente da BBC no México. 

Os primeiros relatórios indicam que a explosão ocorreu quando houve um vazamento na tubulação que levava gás do caminhão à cozinha do hospital. 

A explosão ocorreu "na parte mais próxima da zona de abastecimento"do hospital, afirmou o chefe do governo do Distrito Federal (equivalente ao cargo de governador no Brasil), Miguel Ángel Mancera, que está no local. 

"Nós temos que realizar uma evacuação de segurança, porque muitos bebês ainda se encontram no berçário", disse Mancera. 

Parte do edifício foi completamente destruído.

O tubo, que transportava milhares de litros de gás, ainda está em chamas. O objetivo é que todo o gás restante seja consumido.

Leia tudo sobre: mexicocidade do mexicomvsmancera

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas