Na segunda-feira, o The Times, jornal pertencente ao mesmo conglomerado do The Sun, confirmou cancelamento de fotos de nudez; "tivemos um lapso mamário", justificou a publicação

O jornal inglês The Sun , um dos mais vendidos do Reino Unido, voltou a publicar fotos de mulheres de topless após ser divulgado que daria fim à polêmica tradição, que já dura quase 45 anos.

Veja algumas das garotas que posaram para a seção "Page 3" do The Sun :

No começo desta semana, o The Times , que pertence ao mesmo conglomerado do tabloide – de propriedade do magnata Rupert Murdoch –, divulgou que o The Sun deixaria de mostrar mulheres sem blusa em sua página três, uma tradição responsável por influenciar publicações em todo o mundo.

Apesar das notícias, diretores do tabloide se negaram a confirmar ou negar o fato. Nesta quinta-feira (22), no entanto, o matutino pediu desculpas pela decisão precipitada. "Tivemos um lapso mamário", publicou o jornal.

Leia mais:
Após 44 anos, tradicional topless de jornal britânico é extinto; veja fotos

A tradição é criticada por alguns grupos sociais, especialmente aqueles feministas e de diretos das mulheres, que consideram as fotos sexistas e anacrônicas.

A oposição foi tal que, em 2012, uma campanha lançada pelo grupo "No More Page Three" ("Pelo fim da Página Três", em livre tradução do inglês) conseguiu mais de 217 mil assinaturas para proibir essas imagens. Momentaneamente, ela surtiu efeito. Mas durou pouco. Muito pouco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.