Papa Francisco visitará a Bolívia em julho, anuncia Evo Morales

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Desde o início do Pontificado de Francisco, em março de 2013, há especulações de que Francisco visitará a América Latina

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou que o papa Francisco visitará o país em julho deste ano, em uma entrevista à imprensa local.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, dpa coletiva no palácio presidencial em La Paz (arquivo)
Reuters
O presidente da Bolívia, Evo Morales, dpa coletiva no palácio presidencial em La Paz (arquivo)

Filipinas: Papa Francisco leva número recorde de fiéis a Manila

"Não encontrei o Papa, mas recebi a mensagem de que, em julho, ele virá. Francisco visitará primeiro o Paraguai, depois a Bolívia e o Equador. Porém, não sei exatamente quantos dias ele ficará no país", disse Morales.

Desde o início do Pontificado de Francisco, em março de 2013, há especulações de que o Papa, nascido na Argentina, faça uma viagem pela América Latina. Até o momento, não há confirmações do Vaticano.

Sábado: Papa se reúne com sobreviventes de tufão Haiyan, nas Filipinas

No entanto, fontes locais afirmam que o Papa deseja evitar uma visita à Argentina em 2015, que é ano de eleições presidenciais.

Sua primeira viagem internacional, em julho de 2013, foi ao Brasil, com passagens por Rio de Janeiro e São Paulo, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). O evento já estava agendado antes da renúncia de Bento XVI.

Leia tudo sobre: boliviapapa franciscopapamorales

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas