Papa chega às Filipinas para primeira visita papal em 20 anos

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

As últimas visitas foram feitas pelos papas Paulo VI, em 1970, e João Paulo II, em 1981 e 1995; ele ficará no país até o dia 19

Agência Brasil

Papa Francisco inicia nesta quinta-feira (15) visita às Filipinas, primeiro país católico da Ásia, ao qual leva mensagem de solidariedade. Procedente do Sri Lanka, ele ficará no país até o dia 19.

Ontem: Papa canoniza primeiro santo do Sri Lanka

Papa Francisco estende a mão para tocar em seus devotos enquanto chega à igreja de Nossa Senhora de Madhu em Madhu, Sri Lanka (14/01)
AP
Papa Francisco estende a mão para tocar em seus devotos enquanto chega à igreja de Nossa Senhora de Madhu em Madhu, Sri Lanka (14/01)

A chegada à Base Aérea Villamor, em Manila, está prevista para as 17h45 locais e, segundo o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, as viagens representam sinal consistente da atenção do papa ao Continente Asiático.

Às Filipinas - que foram visitadas pelos papas Paulo VI, em 1970, e João Paulo II, em 1981 e 1995 - o pontífice levará mensagem de solidariedade diante das diversas catástrofes naturais que têm assolado o território, especialmente o Tufão Yolanda que, há um ano, deixou 7 mil mortos e afetou cerca de 1 milhão de pessoas.

Francisco, que se vai deslocar em um papamóvel aberto, visitará a cidade de Tacloban, na Ilha de Leyte, praticamente destruída pelo tufão, onde se encontrará com alguns sobreviventes. Ele celebra missa na Catedral de Manila e se reúne com famílias.

Serão lembrados ainda os 20 anos da Jornada Mundial da Juventude, com João Paulo II, que reuniu 4 milhões de pessoas. O papa terá um encontro com jovens, no estádio da universidade, e uma missa, no Parque Rizal, ambos na capital.

Leia tudo sobre: papa franciscosri lankafilipinas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas