Impacto de crise da água é o mais temido por elite mundial

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Impacto da crise da água aparece pela primeira vez no topo da lista de riscos para o planeta do Fórum Econômico Mundial, ao lado de conflitos entre Estados nacionais

BBC

Há nove anos o Fórum apresenta duas listas, elaboradas junto a 900 executivos e especialistas, com os principais riscos para o planeta nos próximos 10 anos. 

Uma lista dá conta dos riscos mais prováveis, enquanto a outra elenca os riscos de maior impacto. 

Sabesp publica lista de bairros afetados pela falta de água

Para evitar colapso na Cantareira, Sabesp reduz captação

Seca
BBC
Seca


No topo da lista de impactos mais temidos, a Crise da Água vem seguida por Rápida e Maciça Disseminação de Doenças Infecciosas e por Armas de Destruição em Massa.

 "A urbanização aumentou o bem-estar social. Mas como as cidades se desenvolvem muito rapidamente, sua vulnerabilidade é maior também, e pandemias, colapsos nos sistemas de água, energia e transporte e o impacto das mudanças climáticas representam as maiores ameaças. Especialmente, em países emergentes", disse Axel P. Lehmann, chefe da área de risco do Zurich Insurance Group. 

Já na lista dos riscos mais prováveis, o item Conflitos entre Estados com Impacto Regional lidera o ranking, seguido por Eventos Climáticos Extremos e por Falhas na Administração Governamental. 

'Parceria em lugar da competição' 

"Vinte e cinco anos depois da queda do muro de Berlim, o mundo enfrenta novamente o risco de grandes conflitos entre Estados", sublinha Margareta Drzeniek-Hanouz, economista do Fórum Econômico Mundial. 

Ela afirma que no escopo dos conflitos não estão apenas guerras, mas também ataques cibernéticos, competição por recursos naturais e sanções e outras ferramentas econômicas. 

"Para enfrentar estes problemas é preciso que o mundo volte ao caminho da parceria, em lugar da competição", sugere. 

Desde 2007, esta é a segunda vez em que um tópico ambiental lidera uma das duas listas. 

Em 2011, Tempestades e Ciclones estavam no topo da lista de probabilidades, comumente liderada por assuntos econômicos, como Colapso no Preço de Ativos (2008, 2009, 2010) e Disparidade de Renda (2012, 2013, 2014). 

A Crise da Água vem sendo citada entre os piores riscos de impacto global desde 2011. Esta lista sempre foi liderada por assunto econômicos, Crises Fiscais, Colapso no Preço de Ativos e Crise Financeira Sistêmica.

Leia tudo sobre: crise da águacantareirasão paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas