A principal suspeita das autoridades é que o mau tempo causou o acidente; as caixas-pretas já foram encontradas

Um navio da marinha de Cingapura encontrou pedaços da fuselagem do avião da AirAsia que caiu na Indonéisa no dia 28 de dezembro, com 162 pessoas a bordo. As peças da aeronave têm mais de trinta metros de comprimento e foram localizadas no Mar de Java, na Indonésia, declarou ministro da Defesa Ng Eng Hen, de Cingapura, nesta quarta-feira (14).

Em seu Facebook Ng Eng Hen, escreveu que “o acidente foi um acontecimento trágico que se traduziu na perda de muitas vidas. Espero que, com a fuselagem localizada, possa de alguma forma aliviar a dor das famílias das vítimas. Informamos a autoridade indonésia de buscas que agora pode iniciar as operações de resgate”.

Veja fotos do acidente e das partes do avião encontrada:

As caixas-pretas do avião já foram recuperadas na  terça-feira (13 ) e a sua análise pode permitir saber a causa do acidente. A principal suspeita das autoridades é que o mau tempo foi responsável pela queda do avião.  

O presidente indonésio, Joko Widodo, ficou satisfeito com a descoberta, e declarou que mergulhadores foram designados a analisar a fuselagem na quinta-feira (15). As autoridades ainda estão tentando localizar a cabine do avião, com a esperança de localizar corpos ainda desaparecidos.

Leia mais: 
Equipes de buscas encontram corpos do voo da AirAsia
Especialistas devem esclarecer queda de avião da AirAsia no Mar de Java; assista

O avião da AirAsia, no dia 28 de dezembro, viajava da Indonésia para Cingapura, perdeu o contato com o controle de tráfico aéreo e deve ter caído aproximadamente as 21h do horário de Brasília. 

O total de pessoas a bordo era de 162 (155 passageiros e sete tripulantes). 156 pessoas eram da Indonésia, 1 de Cingapura, 1 da Malásia, 1 da França e 3 da Coreia do Sul, não houveram sobreviventes e alguns corpos ainda não foram encontrados. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.