Das Farc ao Estado Islâmico: Veja os grupos terroristas mais ricos do mundo

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Entre eles está grupo sunita que atua principalmente no Iraque, as Farc, já há 50 anos na Colômbia, e o Boko Haram, da Nigéria

O Estado Islâmico é o grupo terrorista mais rico do mundo. Seus rendimentos anuais chegam a ao menos US$ 2 bilhões e vêm principalmente do comércio de petróleo, sequestros, pagamentos de impostos e assaltos a bancos.

Atualmente, os terroristas, que atuam principalmente no Iraque e Síria com o objetivo de erguer um califado, ocupa território que equivale ao tamanho da Jordânia e trava guerra santa muçulmana contra "infiéis" judeus, cristãos, entre outros.

Confira, abaixo, quais os grupos terroristas mais ricos do mundo, de acordo com levantamento da revista Forbes:

O Estado Islâmico é a organização terrorista mais rica do mundo. Com recursos vindos de crimes e do petróleo, os militantes administram até US$ 2 bilhões anuais. Foto: APAtuando na Faixa de Gaza, o Hamas - considerado terrorista pelo FBI -  tem renda anual de ao menos US$ 1 bilhão. Foto: Reprodução/YoutubeMilitantes das FARC, Forças Armadas Revolucionária da Colômbia, atua no país há mais de 50 anos com renda anual de até US$ 600 milhões. Foto: Reprodução/YoutubeO Hezbollah, que significa 'Partido de Deus', surgiu após invasão e ocupação do Líbano em 1982 por Israel. Grupo tem renda anual de US$ 500 milhões. Foto: Reprodução/YoutubeO movimento Taleban governou o Afeganistão de 1996 a 2001 e hoje tem renda estimada em US$ 400 milhões vindos principalmente do tráfico de drogas. Foto: Reprodução/YoutubeUma das organizações terroristas mais letais do mundo, a Al-Qaeda atua com cerca de US$ 150 milhões anuais. Foto: Wikemedia CommonsLashkar-e-Taiba, ou 'Exército dos justos', é um grupo radical islâmico paquistanês que atua no sudeste da Ásia com renda de até US$ 100 milhões ao ano. Foto: Reprodução/YoutubeNa Somália, a Al-Shabab é a maior organização militante do país e foi fundada em 2006. Hoje atua com cerca de US$ 70 milhões ao ano. Foto: APO IRA Real, facção radical do IRA, foi criado por ativistas que se opõem ao acordo de paz de 1998 e tem renda anual de até US$ 50 milhões. Foto: Reprodução/YoutubeBoko Haram, que significa 'educação ocidental é pecado', atua na Nigéria com anuais US$ 52 milhões. Foto: Reprodução/Youtube


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas