Fernando Silva desapareceu domingo e telefonou para os pais na segunda; ele pode ter sido sequestrado, dizem autoridades

Irmão de Dealberto Jorge Silva, que foi encontrado morto em um resort da Playa del Carmen, no México, Fernando Silva, que havia desaparecido no domingo (11), entrou em contato por telefone com a família em Jaraguá do Sul, a cerca de 180 km de Florianópolis.

Ontem:  Brasileiro morto no México fez alerta a amigos sobre possível sequestro

Dealberto Jorge Silva foi encontrado em resort do México; polícia do país investiga o caso
Reprodução/Facebook
Dealberto Jorge Silva foi encontrado em resort do México; polícia do país investiga o caso

Mistério: Brasileiro é encontrado morto e irmão desaparece em resort do México

De acordo com parentes, o brasileiro avisou que ainda estava escondido dos supostos assassinos do irmão. Mas não informou quem o ameaçava e onde estava. Segundo um primo deles, Dealberto foi encontrado morto após cair do 12º andar de hotel próximo a Cancún.

Mas a polícia do México afirmou que o corpo do empresário foi achado em outro local. Ele estaria participando de uma festa privada em um condomínio residencial e teria sido visto embriagado por pessoas do local quando seguiu para a mureta de uma sacada, de onde despencou. Ele foi encontrado na madrugada de domingo e recolhido pelo Serviço Médico Forense.

Depois, a polícia mexicana foi ao hotel onde ele estava hospedado, o La Reina Roja, em busca de amigos para confirmar sua identidade. Autoridades mexicanas trabalham com a hipótese de que Fernando está em cativeiro, e por isso não pode dar mais informações sobre seu paradeiro. Na segunda, a página do Facebook de Dealberto foi excluída. 

Áudio

Antes disso, Dealberto havia mandado áudio para amigos do celular alertando que poderia sofrer um possível sequestro. As informações são do Jornal do Almoço, da TV RBS.

Confira a gravação:

Na mensagem, o brasileiro pede a amigos que chamem a polícia e a imigração para falar sobre uma situação "muito estranha" na frente do resort onde ele e o irmão, Fernando Silva, que também foi para o México, estavam hospedados.

"Irmão, eu estou para ser sequestrado por aquela amiga do Marchetti, a russa. Tem muita gente, está muito estranho, e avise a Polícia Federal, alguma coisa assim, cara. Eu estou passando na frente do Hotel The Royal, em Cancún, Playa del Carmen, está todo mundo me olhando. Já está vindo carro, já deu coisa estranha. Muito estranha. Entendesse? Então, só avisa a imigração de problemas, por favor. Avisa a polícia. Muito estranho".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.