Cuba conclui libertação de 53 presos políticos

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ação faz parte do acordo para normalizar as relações entre os EUA e Havana; retomada das relações foi anunciada em 2014

Fontes ligadas ao governo dos Estados Unidos confirmaram nesta segunda-feira (12) que Cuba concluiu a libertação dos 53 presos políticos, como parte do acordo para normalizar as relações entre os dois países. De acordo com as fontes, as libertações ocorreram no fim de semana. 

Dezembro: Obama e Castro anunciam aproximação histórica entre Cuba e EUA

Josefina Chirino, à esq., e a sobrinha Kristina Adler, à dir., cantam hinos norte-americanos e cubanos durante protesto contra o plano de Obama em Miami (20/12)
AP
Josefina Chirino, à esq., e a sobrinha Kristina Adler, à dir., cantam hinos norte-americanos e cubanos durante protesto contra o plano de Obama em Miami (20/12)

Dia 9: Pelo menos 35 presos políticos são libertados em Cuba

No último dia 17 de dezembro, em um discurso histórico, o presidente dos EUA, Barack Obama, e o líder cubano, Raúl Castro, anunciaram a normalização das relações, rompidas há mais de 50 anos.

"Hoje, os Estados Unidos estão mudando suas relações com o povo de Cuba", disse o norte-americano.

Com isso, foram modificadas as normas para viagens de Cuba e para o comércio entre os dois países.

Leia tudo sobre: cubaeuaobamacastro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas