Voo QZ8501 decolou de Surabaia, na Ilha de Java, e caiu no Mar de Java cerca de 40 minutos depois do início do voo

Agência Brasil

As equipes de resgate do avião da AirAsia, que se desapareceu no Mar de Java em 28 de dezembro, detectaram hoje (9) sons emitidos pelas caixas-pretas, que contêm os registros do voo."Um barco detectou os sons. Os mergulhadores estão tentando chegar a elas", disse o responsável pelas operações, S.B. Supriyadi, referindo-se às caixas-pretas. "A localização dos sons estaria próxima do local onde a cauda do avião foi encontrada", acrescentou.

Tempo melhora e buscas por caixas pretas da AirAsia são retomadas na Indonésia

AirAsia: Na igreja que tinha 41 fiéis no voo, muitos rezam por milagre

O voo QZ8501 decolou da cidade indonésia de Surabaia, na Ilha de Java, e a previsão era que pousasse cerca de duas horas depois em Cingapura, mas caiu no Mar de Java cerca de 40 minutos depois do início do voo.

A bordo seguiam 155 indonésios, três sul-coreanos, um britânico, um francês, um malaio e um natural de Cingapura.

O piloto solicitou à torre de controle na Indonésia autorização para virar à esquerda e subir dos 32 mil para os 38 mil pés para evitar uma tempestade. A torre de controle autorizou o desvio à esquerda, mas quando tentou o contato de autorização de subida até os 34 mil pés já não obteve resposta do avião.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.