Entre eles estão ativistas que incendiaram prédio do governo no México e os protestos que mataram mais de 100 na Ucrânia

Manifestantes têm incendiado carros e até prédio do governo em Guerrero, México, desde o dia 26 de setembro, quando 43 estudantes de uma escola rural do magistério de Ayotzinapa desaparecerem após protestos.

À época, a ação foi reprimida por policiais que entregaram o grupo a traficantes de drogas. Segundo esses traficantes, os jovens foram executados e tiveram seus restos mortais incinerados em um lixão. O caso ainda está sendo investigado pelas autoridades.

Veja outros protestos de 2014:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.