Tunísia realiza neste domingo segundo turno da eleição presidencial

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

É a primeira vez, desde a independência, em 1956, que os tunisianos escolhem livremente o presidente do país

Agência Brasil

O líder do partido laico Nidaa Tounès, Béji Caïd Essebsi, de 88 anos, e o atual presidente, Moncef Marzouki, de 69 anos, disputam neste domingo (21) o segundo turno das eleições presidenciais na Tunísia. Cerca de 5,3 milhões de eleitores estão habilitados para votar.

Segundo as pesquisas, Essebsi é o favorito. No primeiro turno, realizado no dia 23 de novembro, ele ficou com 39,46% e Marzouki, com 33,43%.

É a primeira vez, desde a independência, em 1956, que os tunisianos escolhem livremente o presidente do país.

A vitória de Essebsi no primeiro turno cnsolidou os resultados obtidos nas eleições legislativas pelo partido dele, uma coligação heterogênea de militantes de esquerda, sindicalistas, empresários e antigos membros do regime, unidos pela oposição aos islamitas do partido Ennahda.

Essebsi disputa a Presidência com seu histórico opositor Moncef Marzouki, que viveu anos no exílio na França e voltou à Tunísia após a revolução de 2011, sendo eleito presidente interino pela Assembleia Constituinte.

A eleição de hoje encerra o ciclo de transição política iniciado com a revolução de 2011 que depôs Zine el Abidine Ben Ali, que estava no poder há 23 anos.

Leia tudo sobre: mundotunísiaeleições presidenciais

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas