American Airlines informou que quatro passageiros e membros da tripulação foram hospitalizados, mas não sob risco de morte

Um jato da American Airlines registrou forte turbulência pouco depois de decolar de Seul, Coreia do Sul, o que levou a um pouso não programado no Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio, após 14 pessoas pediram ajuda médica.

Pesquisa:  Efeito estufa aumentará turbulência em voos transatlânticos

Imagem mostra estragos dentro de voo que seguia da Coreia do Sul para os EUA
Reprodução/Instagram
Imagem mostra estragos dentro de voo que seguia da Coreia do Sul para os EUA


Aeronáutica: Turbulência nem sempre é previsível

A companhia aérea afirmou que quatro passageiros e membros da tripulação precisaram ser hospitalizados, mas nenhum corria risco de morte.

Um comunicado emitido pela transportadora com sede em Fort Worth, Texas, diz que o voo americano 280 seguia de Seul para Dallas na terça-feira quando o Boeing 777-200 registrou a turbulência.

Após aterrissarem, passageiros e membros da tripulação foram levados para um hospital do Japão. A companhia aérea informou que havia 240 passageiros a bordo e 15 membros da tripulação.

Assista:

Autoridades dizem que o restante dos passageiros dará sequência a viagem nesta quarta-feira (17). Todos foram levados para hotéis para passar a noite.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.