Bradley William Stone, 35 anos, praticou crimes em três diferentes comunidades próximas à Filadélfia, cidade mais populosa do estado da Pensilvânia; ele ainda não foi preso

Bradley William Stone, 35 anos: dia de fúria
Montgomery County District Attorney's Office
Bradley William Stone, 35 anos: dia de fúria

Um homem de 35 anos é o principal suspeito de ter assassinado a ex-mulher e outros cinco familiares em três diferentes comunidades próximas à Filadélfia, cidade mais populosa do estado norte-americano da Pensilvânia. A polícia ainda não conseguiu localizá-lo para prendê-lo.

Por meio de sua página no Facebook, as autoridades do estado anunciaram que estavam na busca de Bradley William Stone, principal suspeito dos assassinatos, que ainda teria ferido seriamente outras pessoas.

A caçada se concentrou especialmente nos arredores de Pennsburg, onde os moradores foram ordenados pela polícia a permanecerem em suas casas. Os assassinatos ocorreram em três comunidades do Condado de Montgomery, na manhã desta segunda. 

Relembre casos de assassinato que nunca foram resolvidos:

A mídia local afirma que Stone é um militar veterano, conhecido por caminhar com auxílio de uma bengala. "Ele está armado e é perigoso", disseram as autoridades. 

Leia também:
Sequestro em café de Sydney acaba com três mortos e quatro feridos
Advogado descarta terrorismo no ataque a cafeteria da Austrália
Polícia invade café onde suposto homem manteve reféns na Austrália

Ainda segundo elas, a primeira morte ocorreu por volta das 4h, quando a polícia encontrou uma mulher morta a tiros em Lower Salford. Uma hora depois, uma nova testemunha telefonou às autoridades para apontar mais três mortes, em Landsale. Mais duas pessoas foram logo encontradas também mortas perto dali, em Souderton. 

* Com agências de notícias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.