Greenpeace pode ser processado por causar danos às Linhas de Nazca

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Governo do Peru diz que a ONG causou prejuízos ao patrimônio cultural da humanidade

O Greenpeace pode ser processado pelo governo do Peru depois de estender uma faixa gigante sobre um dos patrimônios culturais da humanidade mais singulares do mundo: as Faixas de Nazca. Os ativistas poderão ser impedidos de deixar o país.

Segundo o governo peruano, arqueólogos fizeram uma perícia e constataram danos ao patrimônio milenar. O protesto foi feito pela ONG na madrugada da última segunda-feira (8).

No mesmo dia, o Ministério da Cultura tinha se manifestado com "indignação" pela entrada sem permissão de integrantes da ONG no local para colocar a faixa com uma mensagem sobre as mudanças climáticas. As Linhas de Nazca datam de 200 a.C.

Reuters/Greenpeace
Manifestantes do Greenpeace pode ser processado pelo governo do Peru depois de fazer um protesto nas Linhas de Nazca, na madrugada de segunda-feira


Leia tudo sobre: PeruGreenpeaceLinhas de Nazcaprotesto

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas