Prisioneiros de Guantánamo devem chegar ao Uruguai no começo da próxima semana

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Prisioneiros de Guantánamo devem chegar ao Uruguai no começo da próxima semana, diz jornal

Reuters

O governo uruguaio se prepara para receber nos primeiros dias da próxima semana seis prisioneiros da prisão norte-americana de Guantánamo, informou nesta sexta-feira (5) o jornal El País, citando fontes familiarizadas com o tema.

LEIA MAIS: Após pedido dos EUA, Uruguai aceita receber presos de Guantánamo

Em março o presidente do Uruguai, José Mujica, anunciou que seu país iria conceder refúgio a seis pessoas recolhidas na prisão e meses mais tarde ratificou seu compromisso diante de seu colega norte-americano, Barack Obama.

Os presos, que estão detidos sem julgamento desde 2002, devem chegar na noite de segunda-feira ou na madrugada de terça-feira, afirmou o jornal, mencionando fontes envolvidas na operação de traslado.

Fontes oficiais consultadas pela Reuters não estavam disponíveis de imediato para comentar a informação.

A chegada dos reclusos estava prevista para agosto, mas foi adiada em virtude das eleições presidenciais no Uruguai, cujo segundo turno aconteceu no dia 30 de novembro e no qual triunfou o candidato da governista Frente Amplia, Tabaré Vázquez.

A idea de receber os prisioneiros é rejeitada por 58 por cento dos uruguaios por temores em relação à segurança, de acordo com uma pesquisa recente da consultoria Cifra.

O prisioneiros foram privados da liberdade pelas suspeitas de vínculos terroristas. O governo dos Estados Unidos, entretanto, afirmou que não representam um risco para a segurança do país sul-americano.

Leia tudo sobre: MUNDOURUGUAIGUANTANAMOPRESOS

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas