Homem-bomba mata pelo menos 45 pessoas em jogo de vôlei no Afeganistão

Por Reuters | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Porta-voz da província de Paktika, Mukhles Afghan, informou que ao menos outras 50 pessoas ficaram feriadas

Reuters

AP
Crianças afegãs recebem cuidados em hospital dePaktika, após ataque suicidade em Yahyakhail

Um suicida com uma bomba matou pelo menos 45 pessoas na plateia de uma partida de vôlei no Afeganistão neste domingo, disse uma autoridade local, em um momento em que tropas estrangeiras se retiram do país após mais de uma década de combates.

O porta-voz do governo da província de Paktika, Mukhles Afghan, informou que pelo menos outras 50 pessoas ficaram feriadas no ataque no distrito de Yahya Khel, onde centenas de moradores se reuniram para assistir a uma final de campeonato.

Segundo Afghan, a maior parte das vítimas eram civis. Ninguém assumiu a autoria do ataque imediatamente.

O número de mortes foi elevado porque a multidão estava bastante concentrada. Poucos detalhes do incidente estavam disponíveis porque o local é bastante remoto.

O Taliban e outros grupos de militantes jihadistas têm realizado diversos ataques suicidas e assassinatos no Afeganistão este ano, em meio à retirada das forças estrangeiras que estão no país há 13 anos.

Cerca de 12 mil soldados internacionais irão permanecer no Afeganistão no próximo ano para treinar e apoiar o exército local.

Paktika registrou um dos ataques mais letais deste ano, quando 89 pessoas foram mortas em julho na detonação de uma bomba em uma feira lotada.

Leia tudo sobre: ataqueafeganistãobombahomem-bomba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas