"Criminosos emboscaram e mataram 28 passageiros, dos 60 que estavam no ônibus", disseram as autoridades

Reuters

Insurgentes do grupo somali Al Shabaab emboscaram um ônibus e mataram 28 pessoas na manhã deste sábado na região nordeste do Quênia, informaram a polícia e o Ministério do Interior.

"Criminosos emboscaram um ônibus de Mandera que ia em direção a Nairóbi durante a madrugada e matou 28 passageiros, dos 60 que estavam no ônibus", disse o Ministério em sua conta no Twitter.

Homens armados matam 28 em ataque a ônibus no Quênia
AP
Homens armados matam 28 em ataque a ônibus no Quênia


O porta-voz da polícia Masoud Mwinyi confirmou o incidente.

O Centro Nacional de Operações em Desastres, controlado pelo governo, afirmou em sua conta no Twitter que o ataque ocorreu a 30 quilômetros da cidade de Mandera.

As tensões aumentaram nos últimos anos no condado de Mandera, perto da fronteira com a Etiópia e a Somália, com os confrontos entre os clãs deslocando centenas de pessoas.

A região é repleta de armas devido à sua proximidade com a Somália, onde o Al Shabaab tem lutado para derrubar o governo, e a Etiópia, onde o grupo armado Frente de Libertação Oromo tem feito incursões no Quênia.

O ataque reforça os temores com a falta de securança, especialmente nas partes mais remotas do norte do Quênia.

No início de novembro, homens armados mataram 20 policiais e dois policiais da reserva em uma emboscada no condado de Turkana, no noroeste do Quênia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.