Voo da American Airlines faz pouso de emergência nos EUA após painéis caírem

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Avião seguia de San Francisco para Dallas quando os painéis da parede da cabine se soltaram, de acordo com companhia aérea

Avião da American Airlines que seguia de San Francisco para Dallas fez um pouso de emergência após painéis da parede da cabine se soltarem, de acordo com a companhia aérea e autoridades de aviação.

Setembro: Gato some de voo vindo dos EUA e donos oferecem recompensa 

AP
Instrutor de segurança de voo da British Airways, Andy Clubb (centro) instrui participantes em uma simulação em Londres (10/09)


Julho: Vazamento faz 'chover' sobre passageiros e força retorno de voo nos EUA

O capitão do Boeing 757 decidiu voltar uma hora após deixar o aeroporto de San Francisco depois de notar uma saída de ar do lado de dentro da aeronave, disse porta-voz da American Airlines, Matt Miller.

O voo 2293 partiu pouco antes das 13h de segunda-feira (13) e pousou sem incidentes as 14h15. Nenhum dos 184 passageiros ou dos seis membros da tripulação ficaram feridos, segundo porta-voz da companhia.

"O capitão decidiu voltar a San Francisco e pousou o avião com segurança", explicou Miller.

James Wilson, do Texas, disse que ele e os outros passageiros sabiam que havia um problema poucos minutos depois de decolarem de San Francisco. Wilson, 32 anos, um motorista de carro de corrida amador, voltava de uma competição no norte da Califórnia e disse ter "sentiu a fuselagem se agitar violentamente e estalos vindos do lado de fora do Boeing".

Segundo ele, ele e os passageiros "assistiram à cena com horror e gritaram para os comissários de bordo assim que viram os painéis em ambos os lados da aeronave separados das paredes", disse Wilson, que estava sentado na fileira da direita quando sentiu uma mudança na pressão da cabine.

"Parecia que estava estalando e batendo tão alto que eu pensei que as coisas estavam saindo dos compartimentos superiores da aeronave", afirmou.

Os membros da tripulação estavam "puxando os painéis separados e olhando para a luz do dia que aparecia na parte de trás", disse ele.

Wilson tirou uma foto do que estava acontecendo e postou em sua página no Facebook para que sua mulher, que estava a caminho de Dallas para buscá-lo, soubesse o que havia acontecido, caso acontecesse uma tragédia.

Para a preocupação dos passageiros nervosos, o capitão anunciou que o voo continuaria rumo a Dallas já que a pressão dentro da cabine estava estabilizada, mas mudou de idéia e decidiu fazer o pouso de emergência depois que viu os painéis danificados, segundo Wilson.

"Tivemos aeromoças muito profissionais que fizeram um trabalho muito bom para manter os passageiros calmos", disse o porta-voz.

De acordo com porta-voz da Federal Aviation Administration (FAA), Ian Gregor, a FAA vai atuar com a companhia aérea para determinar o que de fato acarretou o problema na aeronave. 

*Com AP

Leia tudo sobre: aviaoeuadallassan franciscoamerican airlineswilson

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas