Explosões matam ao menos 30 em áreas xiitas de Bagdá, Iraque

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Principal bairro xiita de Bagdá, Sadr City foi alvo de explosões e cerca de 6 foram mortos; mercado e posto policial foram alvos

Reuters

Três bombas explodiram em áreas xiitas de Bagdá nesta segunda-feira (13) matando 30 pessoas, informaram a polícia e trabalhadores da área médica, em uma continuação da onda de ataques contra a maioria religiosa iraquiana.

Hoje: Turquia nega ter feito acordo com os EUA sobre uso de suas bases aéreas

AP
Trabalhador remove parte de uma fachada danificada após ataque de carro-bomba no bairro predominantemente xiita de Al-Mashtal em Bagdá, Iraque (8/10)


Áustria: Grávidas, adolescentes pedem socorro para deixarem o Estado Islâmico

O principal bairro xiita de Bagdá, Sadr City, foi alvo de duas explosões: uma bomba no fim da tarde que matou seis pessoas perto de um mercado, e um carro-bomba em um posto policial que deixou 16 mortos e 30 feridos, de acordo com autoridades.

Em Kahdimiya, no oeste de Bagdá, um carro-bomba matou oito civis e feriu outros 21 no principal posto de segurança do distrito, segundo fontes da polícia e da área médica.

Sábado: EUA fazem novos ataques aéreos contra Estado Islâmico na Síria e Iraque

Ninguém assumiu a responsabilidade pelos atentados, mas o governo xiita tem combatido o Estado Islâmico no centro e oeste do Iraque.

O grupo, que se separou de sua organização-mãe Al Qaeda neste ano, tem enviado carros-bomba e conduzido ataques suicidas em Bagdá a um ritmo constante durante os últimos dois anos, devastando bairros de maioria xiita na capital.

O Estado Islâmico reivindicou uma série de ataques que alvejou tanto Sadr City como Kahdimiya no domingo, matando 45 pessoas.

Leia tudo sobre: iraquecarro bombaeiileiil no iraquesadr city

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas