Tamanho do texto

A retirada das tropas veio antes de uma reunião prevista entre Putin e o ucraniano Petro Poroshenko na próxima semana

Reuters

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que as tropas russas se retirem para suas bases permanentes após exercícios militares na região de Rostov, perto da fronteira com a Ucrânia, disse o Kremlin, em um sinal de algum alívio da tensão antes de uma importante reunião na próxima semana.

A retirada das tropas veio antes de uma reunião prevista entre Putin e o ucraniano Petro Poroshenko, em Milão, na próxima semana.

O Kremlin disse que o presidente russo havia encontrado seu ministro da Defesa, Sergei Shoigu.

"O ministro havia informado ao Comandante Supremo sobre a conclusão do período de treinamento", disse um comunicado no site do Kremlin.

"Depois do relatório, Putin ordenou o retorno das tropas para as suas bases permanentes. No total, 17.600 soldados militares foram treinados nos campos de tiro da região de Rostov, no verão."

A agência de notícias russa RIA Novosti, citando o Ministério da Defesa, disse que as tropas já começaram a retornar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.