Venezuela prevê habitação social para 75 mil famílias até o Natal

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Governo venezuelano diz que foram construídas mais de 623 mil habitações sociais este ano; 222 mil estão em andamento

Agência Brasil

O governo venezuelano lançou nesta quinta-feira (2) o Natal na Minha Casa, programa de assistência social, parte da Grande Missão Habitação (GMH), que prevê casas para cerca de 75 mil famílias carentes até o fim do ano.

Setembro: Venezuela sentencia assassinos de Miss a ao menos 24 anos de prisão

Reuters
Mulheres andam na frente de construção em Caracas, Venezuela (30/09)


Alimentos: Brasileiras são presas na Venezuela acusadas de contrabando

"Nossa meta é que antes do dia 24 de dezembro estejam construídas todas as casas. São aproximadamente 75 mil habitações e temos pouco mais de 48 mil", disse o ministro de Habitação e Habitat da Venezuela, Ricardo Molina.

De acordo com o governo venezuelano, foram construídas, somente este ano, mais de 623 mil habitações sociais e atualmente estão em execução outros 222 mil projetos, que deverão ser entregues até o fim do ano.

Protestos: Oposição na Venezuela pede retomada do diálogo com governo à Unasul

"Começamos o plano final para os meses de outubro, novembro e dezembro. É um trabalho duro em todas as frentes, das obras, dos conselhos, das brigadas de construção, governanças (de regiões) e câmaras municipais. Todos participam para acelerar o processo", disse.

Em 2015, segundo Ricardo Molina, o governo venezuelano espera concluir mais de 500 mil habitações sociais, sendo que o setor privado deverá construir cerca de 80 mil.

Leia tudo sobre: venezuelacaracasgmhhabitacaonatal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas