Veículo militar explode em Cabul um dia antes de posse do presidente

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Segurança está reforçada em Cabul antes da posse de Ghani, na segunda, que substituirá o líder de longa data Hamid Karzai

Reuters

Uma bomba atingiu um veículo militar no bairro diplomático da capital do Afeganistão neste domingo, ferindo uma pessoa, um dia antes da posse do novo presidente, Ashraf Ghani, que deve contar com a presença de dignitários estrangeiros.

Omar Sobhani/Reuters
Aperto de mãos de Abdullah Abdullah (futuro primeiro ministro, à esquerda) e Ashraf Ghani, o novo presidente

A polícia informou que não houve mortos devido à bomba magnética, que estava presa a um caminhão militar na praça de Zanbaq, perto do vasto complexo do palácio presidencial e de diversas embaixadas. "Às 9h15 nesta manhã, uma bomba conectada a um veículo militar afegão explodiu na praça de Zanbaq... ferindo apenas o motorista", disse o porta-voz delegado do ministério do Interior, najib Danish.

Leia também: Taleban classifica pacto do novo governo afegão de 'fraude dos EUA'

A segurança está apertada em Cabul antes da posse de Ghani, na segunda-feira, que substituirá o líder de longa data Hamid Karzai pouco antes da maior parte das tropas estrangeiras retirarem-se do país assolado por violência no fim deste ano.

Líderes internacionais e dignitários foram convidados à cerimônia, enquanto o Taleban e insurgentes aliados buscam lançar ataques para afastar visitantes e criar um clima de insegurança.

Na posse de segunda-feira, candidato presidencial Abdullah Abdullah também será nomeado executivo-chefe, posto semelhante a primeiro-ministro.

Ghani e Abdullah concordam em dividir o poder em um governo de unidade na semana passada após meses de impasse sobre a eleição presidencial, em meio a acusações mútuas de manipulação de votos.

Leia tudo sobre: eleiçãobombacarroafeganistãomundo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas