Recém nascida é encontrada em cano de banheiro de universidade chinesa

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A mãe é estudante da Universidade Linyi e fugiu após o parto; a menininha foi resgatada e passa bem, segundo os bombeiros

Uma recém nascida foi encontrada dentro do cano de um banheiro em universidade da China, segundo o The Telegraph.

Vídeo: Homem salva bebê que cai de prédio na China

Reprodução/Youtube
Mãe deu à luz uma menina em universidade da China e a deixou no local. A bebê passa bem


2011: Transeuntes ignoram bebê atropelada na China

A mãe do bebê, uma estudante da Universidade Linyi, no leste da província de Shandong, deu à luz no domingo (14) e fugiu do local deixando a menina para trás.

Segundo a polícia, a jovem tinha esperança de esconder o parto, mas o bebê foi descoberto por outros estudantes após chorar insistentemente. Como o cano tinha apenas 20 centímetros de largura, o corpo da menininha ficou preso logo na entrada da tubulação.

Os bombeiros quebraram o encanamento para resgatar a recém nascida, que estava presa entre o terceiro e quarto andares. Segundo porta-voz do Corpo de Bombeiros, Tao Fang, "Era impossível retirar o bebê sem quebrar o cano".

"Nós quebramos a instalação no terceiro andar e empurramos a criança em direção aos nossos colegas no quarto andar. Ali ela foi entregue a médicos que estavam esperando para levá-la ao hospital."

A garota sobreviveu e agora está no hospital com sua mãe, localizada pela polícia pouco tempo depois. As autoridades aguardam mais informações sobre o estado da saúde da menina para definir por quais crimes ela será acusada formalmente.

O caso deu início a um polêmico debate em sites e mídias sociais chinesas, com usuários lamentando a falta de valores entre os jovens do país e chocados com o abandono e negligência da mãe do bebê.

Um usuário do popular Weibo, maior site de mídia social da China, comentou: "Acho que a imagem de uma jovem dando à luz no banheiro e, em seguida, voltando para seu quarto onde recomeçou a estudar é particularmente preocupante e um sinal do tipo de sociedade descartável que vivemos hoje em dia."

Leia tudo sobre: chinauniversidade na chinaweibofanguniversidade linyishandong

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas