Liga Árabe apoiará campanha dos EUA contra Estado Islâmico, sugerem fontes

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Ministros das Relações Exteriores devem emitir resolução neste domingo apoiando os esforços contra os insurgentes sunitas

Reuters

Os ministros das Relações Exteriores árabes, reunidos no Cairo, devem emitir uma resolução neste domingo (7) apoiando os esforços iraquianos e norte-americanos para enfrentar os insurgentes do Estado Islâmico, que conquistaram grandes áreas do Iraque e da Síria e declararam um califado transfronteiriço, disseram diplomatas.

2013: Secretário dos EUA conversa com Liga Árabe para defender intervenção na Síria

Reuters
Ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, príncipe Saud al-Faisal participa de reunião de ministros das Relações Exteriores da Liga Árabe no Cairo


Ontem: Otan ajudará EUA contra Estado Islâmico; saiba mais sobre Aliança

O chefe da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, disse na abertura de uma sessão do grupo que o avanço do grupo no Iraque desafia não apenas a autoridade do país, mas "sua própria existência e a existência de outros países" e apelou para que haja uma declaração clara e decisiva para enfrentar o terrorismo militarmente, politicamente, economicamente e culturalmente.

Vários ministros das Relações Exteriores falaram sobre a gravidade do desafio imposto pelo Estado Islâmico ao Iraque, assim como sobre a violência que tomou conta da Líbia e outras regiões.

Uma fonte da diplomacia iraquiana disse que Bagdá tinha elaborado uma resolução, que endossa seus esforços para enfrentar os militantes, e condena as ações do Estado Islâmico como crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

Outras fontes diplomáticas disseram que a Liga Árabe concordaria com uma resolução de apoio à campanha aérea dos EUA contra o grupo. A agência de notícias oficial do Egito, Mena, citou uma fonte dizendo que os ministros concordariam em trabalhar com os EUA.

Não ficou imediatamente claro se Washington seria citado no texto final, enquanto os chanceleres elaboram os detalhes na noite de domingo.

Leia tudo sobre: liga arabeegitocairoreuniaoeuaeiileiil no iraquearabi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas