Referendo na Escócia: 51% votariam pela independência, diz pesquisa

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Levantamento diz que 49% são contra a independência; foram ouvidas 1.084 pessoas, com informações do instituto YouGov

BBC

A menos de duas semanas para o referendo sobre a independência da Escócia, uma pesquisa de um jornal britânico mostrou, pela primeira vez, a liderança do "sim".

Dia 4: Escoceses vão às urnas sobre independência; entenda a questão em 5 temas

PA
Sondagem realizada a pedido do jornal britânico Sunday Times mostra liderança do SIM pela primeira vez


Junho: Pesquisas indicam que independência da Escócia está mais perto que nunca

Segundo o levantamento, realizado pelo instituto YouGov a pedido do diário Sunday Times, 51% dos entrevistados devem votar a favor do desmembramento do país do Reino Unido enquanto 49% são contra a independência. Foram ouvidas 1.084 pessoas.

A vice-primeira-ministra escocesa Nicola Sturgeon classificou o resultado como "um divisor de águas" e afirmou que apoio à independência está crescendo especialmente entre eleitores do Partido Trabalhista e mulheres.

"A Escócia é um dos países mais ricos do mundo", disse ela, que defende a independência.

"Mais e mais pessoas estão começando a perceber que o SIM é a única oportunidade da Escócia para fazer com que essa imensa riqueza possa ser dividida entre todos os que vivem aqui, crie mais empregos e proteja serviços vitais como o NHS dos efeitos danosos da privatização de Westminster", acrescentou.

A apenas 12 dias do referendo que decidirá o futuro do país, uma fonte do alto escalão do governo britânico ouvida pela BBC afirmou que o premiê do país, David Cameron, fará "todo o esforço possível" para manter a Escócia dentro do Reino Unido.

Segundo a fonte, Cameron acredita que "apenas uma única pesquisa importa", em alusão ao referendo.

Leia tudo sobre: escociareferendocameronsturgeonreino unido

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas