David e Wendy Farnell disseram que queriam ficar com bebê, mas a mãe de aluguel na Tailândia se recusou a entregá-lo

BBC

O casal australiano acusado de abandonar um bebê nascido com síndrome de Down de uma mãe de aluguel na Tailândia afirma que queria levar o bebê, mas que a mulher que deu à luz se recusou a entregá-lo.

Ontem: Mulher se recusou a entregar bebê com Down, dizem pais biológicos

Em entrevista à TV australiana, casal negou ter abandonado bebê com Down
Reprodução/BBC
Em entrevista à TV australiana, casal negou ter abandonado bebê com Down


O caso: Casal australiano abandona bebê com Down com mãe de aluguel tailandesa

David e Wendy Farnell falaram pela primeira vez sobre o caso. Eles disseram que deixaram a Tailândia com a irmã gêmea e saudável do bebê Gammy, que nasceu com a síndrome e hoje tem sete meses.

Veja o vídeo clicando no link abaixo:

Casal acusado de abandonar bebê com Down diz que queria ficar com ele

Barriga de aluguel: Mãe de bebê com Down diz que quer reaver gêmea saudável

O casal alegou que temiam que não iriam conseguir levar o bebê saudável após supostas ameaças da mãe de aluguel.

Defesa: Não sabíamos de gêmeo com Down, diz casal acusado de abandonar bebê

A mãe de aluguel negou ter ameaçado o casal, mas admitiu que impediu que eles levassem Gammy com medo de que o bebê fosse abandonado por eles.

O caso gerou atenção em todo o mundo. O casal disse querer ficar com Gammy.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.