A trégua abre caminho para retomada das negociações sobre um acordo de cessar-fogo de longo prazo na Faixa de Gaza

Negociadores palestinos disseram neste domingo (10) que aceitaram uma proposta egípcia para uma trégua de 72 horas com Israel. A trégua abre caminho para uma possível retomada das negociações sobre um acordo de cessar-fogo de longo prazo na Faixa de Gaza.

Trégua de 72h começa e Israel anuncia retirada de tropas da Faixa de Gaza

Israelenses e militantes de Gaza mantêm conflito e desafiam esforços por trégua

Israel retoma ataques contra o Hamas após fim do cessar-fogo na Faixa de Gaza


Israel tinha se afastado das negociações de cessar-fogo no fim de semana, depois que militantes palestinos dispararam foguetes no sul de Israel após fim do acordo de trégua de três dias. A decisão deste domingo tem como objetivo trazer os israelenses de volta para as negociações. Israel ainda não respondeu. 

Entenda:  Saiba mais sobre o conflito entre israelenses e palestinos em dez perguntas

"Estamos aqui para buscar um acordo. Nós não podemos ter um acordo, sem fala, por isso, aceitamos uma proposta egípcia para ter um cessar-fogo durante 72 horas, a fim de retomar as negociações", disse um negociador palestino.

Analistas: Não há vencedores no conflito em Gaza

Ele, juntamente com outros negociadores palestinos, que confirmaram a decisão, falou em condição de anonimato porque não estava autorizado a discutir as negociações com a imprensa.

Em quase um mês de combates, mais de 1,9 palestinos foram mortos, incluindo centenas de civis, 10 mil foram feridos e milhares de casas ficaram destruídas. Do lado israelense, 67 pessoas morreram, incluindo três civis.

*Com informações da AP
.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.