Pai policial tenta alvejar a filha depois de matar o genro nos EUA

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Lisa explicou que Shannon Kepler foi até casa em que ela dividia com namorado e o matou; mãe da jovem é cúmplice, diz polícia

AP
Lisa Kepler, filha do policial Shannon Kepler, abraça Pam Wilkins nos degraus de sua casa em Tulsa, EUA (6/08)

A filha de dois policiais da cidade de Tulsa, Oklahoma, acusa seu pai de atirar e matar seu namorado em frente a casa onde morava e, em seguida, ter disparado contra ela, segundo informações do NY Daily News.

De acordo com Lisa Kepler, 18, sua mãe estava no banco do passageiro do carro que seu pai usou quando cometeu o crime.

Julho: Homem mata seis de uma mesma família, incluindo quatro crianças, nos EUA

Shannon, 54, e Gina Kepler, 48, ambos veteranos do departamento de polícia de Tulsa, foram presos na terça (5) após se entregarem, acompanhados por um advogado, reportou o World Tulsa.

Soluçando de tanto chorar, Lisa disse aos repórteres "Espero que eles apodreçam na prisão". De acordo com a adolescente, ela e Jeremy Lake, 19, estavam chegando em casa quando um carro preto estacionou. Seu pai, então, saiu do veículo e começou a atirar. 

2013: Ataque a tiros em escola em Nevada, nos EUA, deixa dois mortos

“Eu desviei do meu pai enquanto Jeremy discutia com ele, então ele [Kepler] atirou", informou a vítima à TV KJRH. A jovem conseguiu se esconder atrás de um arbusto enquanto Kepler atirava em sua direção. Em seguida, ele saiu em disparada, disse ela. Lisa não se feriu.

O pai da jovem foi levado para a prisão de Tulsa por assassinato em primeiro grau. Gina também foi presa acusada de ser cúmplice.

AP
Autoridades dizem que os policiais Shannon e Gina Kepler foram presos em conexão com a morte de adolescente em Oklahoma (6/08)


A polícia informou que o corpo de Jeremy foi encontrado em frente da casa onde ele e Lisa moravam.

Lisa explicou que seus pais a expulsaram de casa na semana passada e a deixaram em frente a um centro de ajuda para desabrigados. Ela conheceu Lake no local e ambos iniciaram um namorado. Ele, então, ofereceu a casa onde morava com a tia para a adolescente viver.

Os Keplers estão detidos sem fiança enquanto aguardam a apresentação das acusações formais, disse a polícia.

Leia tudo sobre: lakeeuatirospai policialtentativa de homicidiohomicidiokeplerlisatulsa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas