Chanceler polonês diz que Rússia pretende pressionar ou invadir Ucrânia; forças militares já teriam sido mobilizadas

Reuters

O chanceler da Polônia, Radoslaw Sikorski, disse nesta terça-feira (5) que a Rússia mobilizou forças militares na fronteira com a Ucrânia para pressionar o país vizinho ou invadi-lo.

Soldados ucranianos entram na Rússia; Moscou diz que eles buscam asilo
Ucrânia corta abastecimento de alimentos a reduto de rebeldes no leste do país
Líderes do G7 pressionam Rússia por tentar minar a soberania da Ucrânia

"Infelizmente, a Rússia retomou a sua capacidade de combate na fronteira com a Ucrânia", disse Sikorski à emissora TVN24.

"Há muitos grupos de batalhão lá. Há uma grande concentração de equipamentos militares. Essas coisas estão sendo feitas apenas para exercer pressão. Ou para entrar", disse.

Questionado qual opção seria escolhida, ele afirmou: "Veremos. Saberemos muito rapidamente."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.