Oito pessoas foram resgatadas com vida; equipes de resgate dizem que chances de encontrar mais sobreviventes é pequena

BBC

Uma mulher de 25 anos e sua filha de apenas três meses foram resgatadas após passarem oito horas soterradas no vilarejo de Malin, na Índia.

Quarta: Deslizamento de terra atinge vilarejo na Índia e deixa ao menos 150 soterrados

Mãe e filha foram resgatadas oito horas após deslizamento
AP
Mãe e filha foram resgatadas oito horas após deslizamento


Pelo menos 30 pessoas morreram e cerca de 200 ficaram soterradas após um deslizamento de terra na manhã de quarta-feira. O local fica próximo à cidade de Pune, no estado de Maharashtra.

A mãe da criança, Pramila Lembe, contou que estava amamentando a filha quando ouviu as primeiras pedras caindo.

"Comecei a correr, mas a lama cobriu meu corpo. Achei um lugar seguro, então fiquei lá com ela", disse. Até o momento, apenas oito pessoas foram salvas.

A terra engoliu todo o lugarejo e jornalistas no local dizem que é difícil acreditar que, antes, havia casas no local. Como o deslizamento ocorreu de manhã, muitas pessoas ainda estavam dormindo, e por isso não conseguiram se salvar.

Equipes de resgate trabalharam durante toda a noite, mas a chuva atrapalhou as buscas por sobreviventes.

"Pela minha experiência passada, as chances agora são muito, muito, muito pequenas", disse Alok Avasthy, comandante da força de resgate local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.