Caixa-preta do avião da Air Algerie é encontrada no Mali, diz presidente francês

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Destroços foram encontrados no norte do país; para François Hollande, 118, e não 116, pessoas estavam a bordo da aeronave

Soldados franceses garantiram terem encontrado a caixa-preta do avião da Air Algerie que caiu em uma região ocupada por rebeldes no norte do Mali, nesta sexta-feira (25), de acordo com presidente francês.

Hoje: Air France evitará área onde avião da Air Algerie caiu

AP
Foto do Exército francês mostra destroços do avião argelino que caiu no Mali na quinta-feira (24)

Investigação: Mau tempo pode ter provocado queda; França descarta sobreviventes

Um ataque terrorista foi descartado sobre a possível causa do acidente. Segundo as autoridades, o mau tempo é a razão mais provável para a catástrofe que matou todos a bordo.

Pelo menos 116 pessoas foram mortas no desastre, metade deles franceses. O presidente François Hollande disse que o número de vítimas é 118, uma discrepância que não pôde ser imediatamente esclarecida.

Uma das duas caixas-pretas foi recuperada dos destroços na região de Gossi, no Mali, perto da fronteira com Burkina Fasso, e levada para o norte da cidade de Gao, onde um contingente francês está localizado, informou Hollande a repórteres após uma reunião de emergência com ministros do governo.

Segundo presidente: Destroços do avião da Air Algerie são encontrados no Mali

"Infelizmente não houve sobreviventes", disse Hollande. "Eu compartilho a dor das famílias que vivem essa terrível provação."

Uma equipa de investigadores franceses de acidentes aéreos está sendo enviado para o Mali, disse ele. Segundo a Air Algerie e a companhia aérea privada espanhola Swiftair, que operava o voo AH5017 na quinta-feira, havia 116 pessoas a bordo.

Veja fotos dos destroços do voo AH5017

Destroço de avião que caiu no Mali durante trajeto entre Burkina Fasso e a Argélia (25/07). Foto: APPeças do avião espalhadas pelo norte do Mali, onde avião que ia de Burkina Fasso à Argélia caiu (25/07). Foto: APFoto do Exército francês mostra destroços do avião argelino que caiu no Mali (25/07). Foto: APRegião ao norte do Mali onde avião da Air Algerie caiu. Todos morreram, segundo a França (25/07). Foto: APÁrea onde avião da Air Algerie caiu, no norte do Mali, ficou marcada (25/07). Foto: APImagem aérea do local onde o voo AH5017 da Air Algerie caiu, no Mali (25/07). Foto: APImagem noturna obtida por soldados mostra os restos do avião da Air Algerie, que caiu no Mali (25/07). Foto: APDestroços do avião da Argélia que caiu no norte do Mali (25/07). Foto: AP

Ontem: França inicia buscas por destroços do avião da Argélia no Mali

A televisão francesa mostrou imagens da cena do local do acidente feitas por soldados de Burkina Fasso. As imagens mostram uma área com os restos do avião. Havia pedaços de metal retorcido, mas sem partes identificáveis​​, como fuselagem ou cauda, ​​e corpos das vítimas. Pode-se ver ainda a vegetação rasteira espalhada ao fundo.

Os militares de Burkina Fasso foram os primeiros a chegar ao local, aparentemente na quinta. O general Gilbert Diendere, um assessor próximo do presidente de Burkina Fasso, Blaise Compaor, e chefe do comitê de crise criada para investigar o desastre, disse após ver as imagens que "As pessoas esperavam ver o avião pousado em algum lugar, mas infelizmente encontraram detritos espalhados por 500 metros, o que faz a área de buscas ser muito, muito difícil."

Segundo o premiê de Burkina Fasso, Luc Adolphe Tiao, após revisar vídeos do local, a identificação das vítimas será um desafio.

"Vai ser difícil reconstituir os corpos das vítimas", disse em coletiva. "Os restos mortais estão muito espalhados."

Autoridades: Avião da Air Algerie cai com 116 a bordo em Mali

Entre os passageiros estão 51 franceses, 27 cidadãos de Burkina Fasso, oito libaneses, seis argelinos, cinco canadenses, quatro alemães, dois cidadãos de Luxemburgo, um suíço, um belgo, um egípcio, um ucraniano, um nigeriano, um camaronês e um maliano, de acordo com Ouedraogo. Os seis membros da tripulação são espanhois, de acordo com o sindicato dos pilotos espanhóis.

A equipe espanhola que pilotava o avião havia avisado que mudaria de rota "devido a condições meteorológicas particularmente difíceis", indicou ontem o chefe de Estado.

Quinta: Avião da companhia aérea argelina Air Algerie desaparece com 116 a bordo

"O Gabinete de Inquéritos sobre Acidentes, vinculado ao Ministério dos Transportes, também enviou peritos para o local que vão conduzir as investigações necessárias", acrescentou Hollande.

*Com AP, CNN e Agência Brasil

Leia tudo sobre: ah5017francaargeliahollandebuscas por aviao argelino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas