Delta Air Lines e a United Airlines suspenderam os serviços por tempo indeterminado após foguete cair perto de aeroporto

Duas companhias aéreas dos EUA cancelaram todos os voos para Israel até nova ordem, depois de um foguete cair perto do aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv.

Hoje: EUA e Egito pressionam por cessar-fogo na Faixa de Gaza

Passageiro passa por aeronaves da Delta Airlines em terminal do aeroporto de Detroit, EUA (jan/2010)
AP
Passageiro passa por aeronaves da Delta Airlines em terminal do aeroporto de Detroit, EUA (jan/2010)


Ontem: Hamas rejeita cessar-fogo unilateral; Israel promete manter ofensiva

A Delta Air Lines e a United Airlines informaram nesta terça-feira (22) que suspenderam o serviço entre os EUA e Israel por tempo indeterminado. A US Airways cancelou sua rota para Tel Aviv nesta terça e disse que está monitorando a situação.

Segundo a Delta, um Boeing 747 de Nova York estava sobrevoando o Mediterrâneo e dirigiu-se para Tel Aviv quando se virou e mudou a rota para Paris. O voo 468 tinha 273 passageiros e 17 tripulantes a bordo.

Esforço: John Kerry viaja ao Oriente Médio para pressionar por cessar-fogo em Gaza

A polícia israelense confirmou que um foguete a partir de Gaza caiu em uma área perto do aeroporto. Porta-voz da polícia, Luba Samri disse que o foguete causou danos a uma casa e feriu levemente um israelense.

Companhias aéreas e os passageiros estão cada vez mais preocupados com a segurança desde a semana passada, quando um jato da Malaysia Airlines foi abatido sobre a Ucrânia matando todas as 298 pessoas a bordo. As companhias aéreas têm redirecionado aviões para evitar a área ao longo do leste da Ucrânia, onde separatistas pró-russos estão lutando contra o exército ucraniano.

Funcionários da Administração de Aviação Federal (FAA, na sigla em inglês) não comentaram a situação de imediato. Um porta-voz da Delta não quis ir além dos detalhes já divulgados em comunicado.

Mais cedo: Israel confirma desaparecimento de soldado

A United Airlines cancelou seus dois voos diários para Israel em Newark, Nova Jérsei, de acordo com porta-voz Rahsaan Johnson. A US Airways, que tem um voo diário a partir de Philadelphia, cancelou a escala desta terça-feira e a viagem de volta a partir de Tel Aviv.

“Estamos em constante contato com a FAA e estamos monitorando a situação de perto”, disse Casey Norton, porta-voz da US Airways. A companhia aérea ainda não decidiu sobre as escalas de voos rumo a Israel de quarta em diante.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.