Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ordenou seu Exército a iniciar ação depois de dez dias de embates aéreos

O Exécito de Israel lançou nesta quinta-feira uma ofensiva terrestre na Faixa de Gaza após ordem do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Em um comunicado, o Exército afirmou que "iniciou uma operação em terra dentro da Faixa de Gaza" com o objetivo de dar um "significativo golpe na infraestrutura de terror do grupo militante Hamas". As forças israelenses não deram mais detalhes ou informaram quantos soldados estão envolvidos na operação.

Hoje: Hamas dispara pelo menos três morteiros durante trégua com Israel

Míssil israelense explode no nordeste da Faixa de Gaza, nesta quinta-feira (17)
Reuters
Míssil israelense explode no nordeste da Faixa de Gaza, nesta quinta-feira (17)

Mortos passam de 200: Ataque de Israel mata 4 primos de 9 a 11 anos em Gaza

A ordem foi dada após um dia de fortes confrontos entre Israel e o grupo militante Hamas, incluindo um ataque aéreo que matou três crianças palestinas que alimentavam pombos em seu telhado, depois de ter sido observado um cessar-fogo temporário que permitiu que a população local estocasse suprimentos.

A operação começou depois de dez dias de confrontos intensos entre Israel e o Hamas, no qual Israel atingiu mais de 2 mil alvos em Gaza e o Hamas lançou quase 1,5 mil foguetes contra Israel.

Saiba mais: Entenda o atual conflito entre Israel e Hamas

Tanque de Israel manobra ao longo da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza
AP
Tanque de Israel manobra ao longo da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza

O gabinete de Netanyahu disse que instruiu o Exército a levar adiante a operação depois de o Hamas rejeitar uma proposta de cessar-fogo apresentada no início desta semana pelo Egito e depois de militantes do grupo terem tentado entrar no território israelense por meio de um túnel mais cedo nesta quinta.

"Perante a desprezível e incessante agressão do Hamas e da perigosa infiltração para Israel, os israelenses se viram obrigados a proteger seus cidadãos", disse o comunicado.

Demandas: Saiba o que Israel e o Hamas reivindicam para um acordo de cessar-fogo

Cenário: Conheça o dia a dia da vida repleta de restrições em Gaza

Segundo a mídia israelense, foram ouvidos fortes estrondos de tanques israelenses e de escavadeiras ligando seus mortos para cruzar a fronteira. Militantes do Hamas não fizeram comentários imediatos. Entrentanto, funcionários de segurança informaram barulhos de explosão no leste de Gazam, perto da fronteira de Israel.

A última vez que Israel lançou uma ofensiva terrestre em Gaza foi em janeiro de 2009.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.