Elevação repentina na tensão elétrica causou parada do trem e fez com que vários vagões saíssem dos trilhos entre 2 estações

O descarrilamento de um trem do metrô de Moscou entre duas estações deixou ao menos 21 mortos e 136 feridos durante a hora de mais movimento da manhã desta terça-feira, informou o Ministério das Emergências.

2013: Espanha revê segurança de trens após acidente com 79 mortes

O comitê de investigação da Rússia disse estar examinando as causas do acidente, mas parece não haver suspeita de crime.

Passageiros feridos eram levados para fora das estações em macas, ensanguentados e com ataduras. Helicópteros transportavam para o hospital as vítimas em estado mais grave. Os passageiros estavam em estado de choque ou gritando quando levados para a superfície pelas equipes de socorro.

Investigadores disseram que uma elevação repentina na tensão elétrica provocou a parada do trem e fez com que diversos vagões saíssem dos trilhos entre as estações de Bulevar Slaviansky e Parque Pobedy.

Vídeo mostra esforços de resgate dentro do metrô de Moscou:

"Ele brecou muito de repente. As luzes se apagaram e havia muita fumaça", contou um homem, com o nariz ensanguentado, em declaração à TV Rossiya-24.

*Com AP e Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.