Sequestro havia ocorrido no início do ano como ferramenta de pressão pela libertação de militantes líbios em prisões no exterior

Reuters

Um diplomata e um funcionário da embaixada da Tunísia sequestrados no início deste ano por pistoleiros desconhecidos na Líbia foram libertados, disse à Reuters neste domingo o embaixador da Tunísia em Trípoli.

Grupos armados têm sequestrado diplomatas estrangeiros na Líbia neste ano, como forma de pressionar pela libertação de militantes líbios detidos em prisões no exterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.