Vlada Kholod foi obrigada a beber água de poça por estudantes porque uma das agressoras estaria com ciúmes do namorado

Uma estudante russa foi agredida e obrigada a beber água de uma poça por suas colegas de classe que estariam com inveja de sua beleza.

Fevereiro: Estudante armado mata professor e policial na Rússia

Segundo estudo: Bullying motivou 87% de ataques em escolas

Vlada Kholod, 13, foi atacada por Olga Guseva, 16, Lyubov Goloborodko, 14, Sasha Rattsova, 15 e Ekatirina Streltsova, 15. Elas estudam juntas em Korkino, que fica na cordilheira dos Montes Urais da Rússia.

A menina teve os cabelos puxados e foi forçada a se deitar em uma estrada de terra antes de ser obrigada a beber água suja. Todo o ataque foi filmado por uma dupla de alunos que depois divulgaram as imagens na rede social russa VKontakte.

Assista às agressões em estrada russa

Dia 10: Professor mapeia apelidos usados como bullying em escola do Rio de Janeiro

Depois de professores assistirem ao vídeo, eles teriam repreendido as estudantes e obrigado o grupo a se desculpar. As alunas que atacaram Vlada se defenderam dizendo que a estudante havia xingado um de seus pais. Mas a vítima desmentiu a história, dizendo que Olga estaria com ciúmes do namorado.

Após o pedido de desculpas das agressoras, Vlada denunciou a violência verbalmente na frente de toda a escola. Para um de seus amigos, "Ela foi muito corajosa enfrentando essas valentonas."

*Com Daily News

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.